Como eliminar as estrias

Uma das melhores sensações é a de se olhar no espelho e estar satisfeito com o que vê. Afinal, a autoestima é fundamental para o bem-estar de todas as pessoas. Por isso, é normal querer mudar ou melhorar algo no corpo e buscar as melhores alternativas para isso. E pergunta que sempre surge quando falamos sobre se sentir bem com o próprio corpo é: “Estrias: como eliminar?”.

Moça monstrando estrias

Embora não se trate de uma doença ou algum problema de pele grave, as estrias costumam causar muito desconforto e insatisfação em relação à aparência, influenciando muitas vezes na escolha das roupas, a fim de esconder as marcas no corpo. Um comportamento que pode gerar baixa autoestima e outros transtornos emocionais relacionados à própria imagem.

Como as estrias aparecem?

Como as estrias aparecem

As estrias são como cicatrizes da pele. Elas podem ter de 1 a 14mm e são causadas pelo rompimento dos tecidos. O estriamento ocorre quando há o rompimento das fibras elásticas da pele, tanto da epiderme quanto da derme, e pode ter diversas causas.

Os fatores que mais contribuem para o surgimento das estrias são: ganho ou perda de peso em um curto intervalo de tempo, hereditariedade, sedentarismo, exercícios em excesso, hormônios, crescimento rápido durante a puberdade e maus hábitos alimentares.

As estrias não têm uma idade exata para surgir, elas podem aparecer em pessoas de qualquer faixa etária e em ambos os sexos. O que pode existir é um período mais propenso ao aparecimento das estrias durante a vida.

De acordo com um estudo publicado em 2015 pelo dermatologista Jean L. Bolognia, durante a puberdade a incidência global de estrias é de 25% a 35%. Por outro lado, em mulheres durante o período de gestação esses números podem chegar até 75%.

as mulheres, as partes do corpo mais atingidas pelas estrias são coxas, nádegas, mamas e abdômen, durante a gravidez. Já nos homens, as estrias surgem com mais frequência nos ombros, braços, coxas e região lombar.

Quais são os tipos de estrias?

Estrias vermelhas e estrias roxas

Estrias vermelhas

Quando as estrias estão vermelhas ou roxas significa que elas estão no estágio inicial e que há um processo inflamatório no local. Esses fatores evidenciam que há circulação de sangue na região e que o tecido não foi totalmente cicatrizado. Inclusive, por esses motivos, pode ocorrer coceira no local afetado pelas estrias.

tratamento de estrias vermelhas e roxas é mais simples e eficaz. Como o rompimento dos tecidos ocorreu há pouco tempo, a cicatrização e melhora da aparência da pele podem ser percebidas mais rapidamente.

Estrias brancas

As estrias brancas têm esta coloração porque já estão completamente cicatrizadas e não há mais circulação sanguínea ou inflamação no local onde houve o rompimento das fibras da pele. Elas podem apresentar variações de textura, tanto relevos leves (atróficas) como relevos profundos (hipertróficas).

Por esses motivos, o tratamento das estrias brancas é mais complexo e leva mais tempo. Porém, ao contrário do que muitas pessoas dizem, as estrias brancas têm cura.

Então, como reduzir estrias brancas? Com tratamentos mais profundos e, principalmente, com constância e disciplina. Dessa forma, a partir do segundo mês de tratamento já será possível observar os primeiros sinais de melhora da pele.

Como acabar com as estrias?

Mulheres de biquini, mostrando as pernas na praia

Como falamos, é possível sim melhorar a aparência da pele com estrias! Graças aos inúmeros avanços tecnológicos, novos tratamentos surgiram nos últimos anos, trazendo resultados mais eficazes no tratamento tanto de estrias vermelhas quanto de estrias brancas.

Porém, cuidado com tratamentos de estrias alternativos e aquela receita caseira para acabar com estrias que circula pela internet. Utilizar produtos sem procedência pode fazer a pele com estrias ficar irritada e com aspecto ainda pior.

Independentemente do tipo de tratamento escolhido, cuidar da alimentação, mantendo uma dieta equilibrada, e praticar exercícios físicos são hábitos fundamentais para reduzir ou manter o peso corporal. Lembre-se de que o aumento de peso é um dos principais fatores para o surgimento de estrias.

Conheça a seguir os tratamentos mais eficazes para reduzir as estrias brancas e as estrias vermelhas em homens e mulheres.

Laser fracionado

O tratamento com laser fracionado é um dos mais indicados atualmente. É rápido e proporciona bons resultados logo nas primeiras sessões.

Antes de iniciar as aplicações, é recomendado o uso de ácido retinoico para preparar a pele para os raios laser.

Tratamento com ácidos

O ácido retinoico e o ácido glicólico estimulam a produção de colágeno, melhorando a aparência da pele afetada pelas estrias. Os ácidos agem amenizando as marcas causadas pelas estrias e dando mais firmeza à pele.

Porém, esse tipo de tratamento não é indicado para todas as pessoas. Gestante e mulheres que estão amamentando não podem realizar tratamentos de estrias que contenham ácidos.

Peelings químicos

Os peelings químicos agem na pele promovendo a descamação dos tecidos da área afetada pelas estrias. Esse processo estimula a formação de novas fibras elásticas, amenizando a aparência das estrias.

O peeling químico é indicado, principalmente, para a redução de estrias vermelhas ou roxas, que ainda estão no estágio inicial, apresentando resultados aparentes em pouco tempo.

Peeling de diamante e dermoabrasão

O peeling de diamantes e a dermoabrasão consistem no lixamento das estrias utilizando cristais e diamantes que são colocados na ponta de aparelhos específicos para esse tipo de procedimento.

Esse processo causa microfissuras na região afetada pelas estrias, estimulando a produção de novas fibras de colágeno e deixando o aspecto da pele mais uniforme.

Subscisão

Neste tipo de tratamento, uma agulha específica para este fim é introduzida ao longo das estrias e, com movimentos circulares precisos, ela percorre toda a extensão afetada.

O objetivo é gerar um hematoma local e, com isso, estimular a formação de novas fibras elásticas e de colágeno para reduzir as marcas causadas pelas estrias.

Creme para estrias

O creme Cicatrissim, elaborado à base de extratos e óleos vegetais, como o óleo de rosa mosqueta, aloe vera, extrato de barbatimão e ácido glicólico, é um produto aprovado pela Anvisa e que apresenta excelentes resultados no tratamento de estrias.

Com a aplicação diária de CicatriSSim após o banho, é possível observar resultados de forma rápida e prática, por um valor acessível, sem procedimentos invasivos e do conforto do seu lar, sem precisar se deslocar para clínicas ou consultórios.

creme para estrias CicatriSSim apresenta melhora da pele com estrias vermelhas e roxas em apenas 30 dias de tratamento. Para as estrias brancas, a melhora na região afetada já é percebida a partir do segundo mês de uso do produto.

Quer ter resultados de verdade e de forma rápida no tratamento de estrias? Clique aqui e compre agora o seu creme redutor de estrias CicatriSSim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *